Cartão de crédito é principal causa de endividamento das famílias brasileiras, aponta CNC

Em abril, 88,8% dos lares tinham dívidas nessa modalidade; depois dela vem despesas com os carnês, que comprometem 18,2% da renda, e o financiamento de carro, com 11,2%

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2022 10h34
Epitácio Pessoa/Estadão Conteúdo cartão de crédito Em abril, 88,8% dos lares brasileiros tinham dívidas no cartão de crédito

O uso do cartão de crédito está no topo da lista quando o assunto é endividamento das famílias brasileiras. Em abril, 88,8% dos lares tinham dívidas no cartão. Segundo uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC), esse endividamento está ocorrendo principalmente no consumo de curto prazo. Para a economista da CNC, a alta da inflação e dos juros mostra que o cenário não deve mudar tão cedo: “Com uma inflação mais alta e persistente e, a taxa de juros também em elevação, as condições para o consumo estão piores. As famílias estão precisando apertar seus orçamentos para seguirem mantendo o seu nível de consumo”. Depois das dívidas com o cartão, vem despesas com os carnês, que comprometem 18,2% da renda das famílias, e o financiamento de carro, que aparece em seguida, com 11,2%.

O número de brasileiros endividados também cresceu em abril, 77,7% das famílias terminaram o mês com alguma dívida a pagar. A inadimplência atinge nova máxima histórica, quase 30% das famílias estão com dívida ou contas em atraso. A inadimplência é ainda maior entre as pessoas mais pobres. “As famílias principalmente de renda média e baixa no Brasil são as que mais estão sofrendo com a alta dos preços, com a alta dos juros e também aquelas que estão encontrando maiores dificuldades no orçamento, precisando atrasar seus compromissos financeiros”, diz a economista da CNC.

*Com informações da repórter Iasmin Costa