Com pandemia, Detran de São Paulo bate recorde de atendimentos digitais

Entre os principais serviços do órgão, cerca de 90% deles já podem ser realizados online

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2020 08h06
Reprodução/FacebookErnesto Mascellani Neto afirma, ainda, que a expectativa é dobrar o número de serviços digitais oferecidos nos próximos dois anos

O Detran de São Paulo bateu recorde de atendimentos digitais em 2020. Com a pandemia da Covid-19 e os serviços fechados, o órgão de trânsito ampliou em quase 70% a quantidade de serviços oferecidos online e atraiu o público. De janeiro a dezembro deste ano foram realizadas mais de 125 milhões de interações pela internet, tanto pelos sites e aplicativos do Detran quanto pelo Poupatempo. Entre os dez serviços mais acessados estão a pesquisa de débitos e restrições dos proprietários e de terceiros, o licenciamento de veículos e a verificação de pontos na CHN.

O diretor-presidente do Detran de São Paulo, Ernesto Mascellani Neto, ressalta a importância dessa automatização durante a quarentena. “Os serviços não presencias, além de serem mais simples e fáceis, eles também ajudam o Detran a enfrentar a pandemia. Nós ficamos cinco meses com as unidades fechadas. Isso foi grande trunfo.” Ernesto Mascellani Neto afirma, ainda, que a expectativa é dobrar o número de serviços digitais oferecidos nos próximos dois anos. “O nosso plano é chegar em 2022 com mais de 240 serviços digitalizados no Estado de São Paulo.” De acordo com o diretor-presidente do Detran de São Paulo, entre principais serviços do órgão, 90% deles já podem ser realizados online.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini