Companhias de cruzeiros ampliam suspensão da temporada até 18 de fevereiro

Avaliação é que a retomada das operações  deve acontecer em um momento de maior controle da variante Ômicron e da Covid-19 no país

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2022 07h32 - Atualizado em 01/02/2022 10h21
PAULO CARNEIRO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 18/12/2021 Navio de cruzeiro MSC Preziosa ancorado em píer do Rio de Janeiro Governo estuda alternativas para permitir a volta segura das viagens marítimas, como reduzir o número de passageiros por navio

A temporada de cruzeiros vai continuar suspensa por mais tempo no Brasil. A Associação Brasileira de Navios e Cruzeiros decidiu manter a suspensão das operações nos portos até o dia 18 de fevereiro. Inicialmente, as atividades retornariam no próximo dia 4. No entanto, a avaliação é que a retomada deve acontecer em um momento de maior controle da variante Ômicron e da Covid-19 no país para evitar novas paralisações. O governo federal estuda alternativas para permitir a volta segura das viagens marítimas, como reduzir o número de passageiros por navio e também evitar o desembarque dos tripulantes e viajantes em cidades turísticas. O setor de cruzeiros foi um dos mais afetados durante a pandemia. A expectativa era gerar pelo menos 24 mil empregos entre o final do ano passado e o começo deste ano.

*Com informações do repórter Victor Moraes