Confiança do empresário tem quarta queda consecutiva, aponta CNI

Expectativa de melhora está prevista para o segundo semestre, atrelada a vacinação e o retorno das atividades econômicas nas cidades

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2021 07h30 - Atualizado em 15/04/2021 12h30
Arquivo Agência BrasilDe acordo com o gerente de Análises Econômicas da CNI, índice continua acima de 50 pontos e próximo da média histórica

A confiança do empresário registrou a quarta queda consecutiva. As implicações da segunda onda da Covid-19 refletem na produção, venda e expectativas ao longo de 2021. É o que explica o gerente de Análise Econômica da Confederação Nacional das Indústrias, Marcelo Azevedo. “Apesar dessa sequência de quedas, o índice ainda mostra confiança do empresário. O índice continua acima da linha de 50 pontos e próximo da sua média histórica. Neste mês de abril, a queda se dá exclusivamente pela variação dos empresários sobre as posições dos seus negócios e da economia brasileira, que há uma percepção piora na comparação com os meses anteriores. Olhando para frente, os empresários veem expectativas positivas para os próximos seis meses.” A expectativa de melhora no segundo semestre está atrelada a vacinação e o retorno das atividades econômicas nas cidades, hoje fechadas pelo alto índice de casos e mortes pela doença.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos