CPI ouve advogada de médicos que denunciaram a Prevent Senior nesta terça

Profissionais da saúde apresentaram um dossiê com denúncias contra a rede de hospitais; expectativa é que o empresário Luciano Hang preste depoimento na quarta-feira

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2021 06h34 - Atualizado em 27/09/2021 08h48
Antonio Molina/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 12/08/2021A convocação de Kassyo Santos Ramos, presidente do PTB do Amapá, deve ser aprovada nesta terça-feira

A CPI da Covid-19 começa mais uma semana de trabalhos no Senado Federal. A expectativa é que o colegiado vote a quebra de sigilos e a convocação de Kassyo Santos Ramos, presidente do PTB do Amapá, nesta terça-feira, 28. Segundo relatórios do Coaf, há indícios de que ele recebeu dinheiro do empresário Danilo Trento, diretor da Precisa Medicamentos. Além da votação, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) também devem ouvir a advogada Bruna Morato, que representa os médicos da Prevent Senior. Eles apresentaram um dossiê com denúncias contra a empresa. O senadores também devem agendar algumas convocações aprovadas nas semana passada, como a de Márcio Roberto Teixeira Nunes, servidor do Instituto Evandro Chagas, e a do secretário de saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn. Já na quarta-feira, os senadores ouvem o empresário Luciano Hang. A mãe dele, Regina Hang, foi internada com Covid-19 em um dos hospitais da rede Prevent Senior e morreu pela doença. No entanto, há indícios de que a declaração de óbito dela teria sido fraudada.

*Com informações do repórter Fernando Martins