Danos no Rio Grande do Sul podem gerar perdas de até 11% na produção de arroz

Apesar da maior parte da safra do alimento já ter sido colhida, cerca de 150 mil hectares ainda aguardam colheita, e destes, 30% encontram-se em áreas afetadas pelas inundações

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2024 08h19 - Atualizado em 07/05/2024 08h20
Lucas Lacaz Ruiz/Fotoarena/Folhapress Fotoarena/Folhapres Segundo o Datagro, a produção deve reduzir 10 a 11% no setor do arroz

Um estudo realizado pela consultoria Datagro revelou que a produção agrícola, especialmente de culturas fundamentais como arroz, soja e milho, enfrenta riscos significativos de perdas diante as enchentes que atingem o Rio Grande do Sul. O estado, sendo o maior produtor de arroz do Brasil devido a sua contribuição de 70% da produção nacional, pode ver uma redução de 10 a 11% no setor do arroz, o que representa um prejuízo estimado em R$ 68 milhões de reais. Apesar da maior parte da safra de arroz já ter sido colhida, cerca de 150 mil hectares ainda aguardam colheita, e destes, 30% encontram-se em áreas afetadas pelas inundações. As culturas de soja e milho também estão sob ameaça, com estimativas de perdas variando de 3 a 6% para a soja, resultando em prejuízos financeiros entre R$ 125 a 155 milhões, e de 2 a 4% para o milho, com perdas potenciais de até R$ 12 milhões. A persistência das fortes chuvas, que ameaçam permanecer por mais de uma semana, destaca a vulnerabilidade do setor agrícola a eventos climáticos extremos. O impacto dessas enchentes transcende as fronteiras do Rio Grande do Sul, gerando preocupações econômicas para todo o país, especialmente devido ao papel crucial do agronegócio na economia brasileira.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.