Em apoio à Lava Jato, eleitores e políticos lotam Avenida Paulista neste domingo

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2019 06h36 - Atualizado em 01/07/2019 09h50
WESLEY SANTOS/ESTADÃO CONTEÚDO Outra pauta levantada pelo manifestantes foi a de apoio ao pacote anticrime enviado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, ao Congresso

A Avenida Paulista, em São Paulo, ficou cheia de pessoas vestindo verde e amarelo. Muita gente pegou a bandeira do Brasil e foi pra rua em apoio à operação Lava Jato, ao pacote anticrime enviado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, ao Congresso e à reforma da Previdência.

Três principais grupos convocaram os atos deste domingo (30): o Vem Pra Rua, o Nas Ruas e o Movimento Brasil Livre (MBL). O ato foi pacífico, mas em um dado momento teve conflito entre integrantes de diferentes grupos.

No Twitter, o MBL publicou que sempre fez manifestações pacíficas nos quase cinco anos de existência do movimento. Eles ainda disseram que durante a manifestação um grupo chegou em frente ao caminhão agredindo ativistas no meio de famílias e crianças.

O vereador Fernando Holiday, um dos principais nomes do MBL, falou que a confusão só não foi pior por causa da atuação da Polícia Militar, que acompanhava o ato.

Outras lideranças também participaram da manifestação na Avenida Paulista. A deputada federal Carla Zambelli falou sobre a importância das manifestações do domingo (1) para a aprovação de projetos do Governo na Câmara dos Deputados.

A atriz Regina Duarte participou da manifestação e declarou que “é uma cidadã como todas as outras, indignada”. Ela também ressaltou a importância dos brasileiros se unirem para perseverar contra a corrupção.

Lembrando grandes conquistas que aconteceram por conta das manifestações, como por exemplo a eleição de Jair Bolsonaro, Sergio Moro como ministro e resultados na Lava Jato, o senador Major Olímpio marcou presença no ato.

Manifestantes também foram às ruas neste domingo em muitas outras cidades brasileiras, incluindo o Rio de Janeiro e Brasília.

*Com informações da repórter Mariana Janjácomo