Empresa do ‘rei dos bitcoins’ chegou a movimentar R$ 2 bilhões por hora

Em conversa interceptada com autorização da Justiça, assessor de Glaidson Acácio dos Santos fala sobre movimentação nas contas da GAS Consultoria

  • Por Jovem Pan
  • 28/09/2021 10h38 - Atualizado em 28/09/2021 12h17
Pixabay/Creative Commons Cédulas de real dispostas sobre superfície branca Justiça Fluminense já determinou o bloqueou de R$ 38 bilhões que teriam passado pela GAS Consultoria entre 2015 e 2019

Um escuta telefônica relevou que, em média, R$ 2 bilhões eram movimentados por hora nas contas ligadas ao “rei dos bitcoins“, o ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, preso no mês passado acusado de diversos crimes financeiros. O montante foi relevado em uma conversa, interceptada com autorização da Justiça, entre um assessor do rei das criptomoedas e uma interlocutora. “Hoje, para você ter uma ideia, entra em média R$ 2 bilhões por hora na conta da empresa”, disse Michael de Souza Magno na chamada gravada. Ainda durante a conversa, o assessor afirmou que a quantia era convertida em bitcoin logo após entrar na conta da empresa GAS Consultoria, comandada por Glaidson Santos e um sócio, que segue foragido. A Justiça Fluminense já determinou o bloqueou de R$ 38 bilhões que teriam passado pela GAS Consultoria entre 2015 e 2019. A mulher de Glaidson, a venezuelana Mirelis Zerpa, segue foragida. Na semana passada, 22 envolvidos no esquema descoberto na Operação Kryptos foram indiciados.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga