Escolas estaduais de São Paulo retomam aulas presenciais nesta segunda

As unidades vão reabrir com até 35% da capacidade pelas próximas duas semanas para avaliação da secretaria de Educação

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2021 06h24 - Atualizado em 08/02/2021 08h48
EFE/EPA/JAGADEESH NV Na capital, a rede municipal tem o retorno previsto para a próxima segunda-feira, 15

Mais de 3 milhões de alunos de escolas da rede pública estadual voltam às aulas nesta segunda-feira, 08, em São Paulo. As unidades vão reabrir com até 35% da capacidade pelas próximas duas semanas para que a secretaria de Educação avalie as condições de aumento da frequência. De acordo com o Plano de flexibilização da quarentena, as escolas em regiões na Fase Amarela podem receber até 70% dos matriculados. Enquanto na laranja e na vermelha, a presença é limitada a um terço dos estudantes. A frequência deve respeitar um esquema de rodízio e aqueles que não estiverem presencialmente farão atividades remotas.

O secretário de Saúde, Jean Gorinctheyn, garantiu a segurança do ambiente escolar. “Nós sabemos que essas crianças correm muito mais riscos, no ponto de vista da própria pandemia, de adquirirem a doença por estarem nas ruas, nas praias, nos clubes e nas casas de amigos. Ficou muito claro, muito estabelecido, que a escola tem que ficar aberta em qualquer fase da pandemia cuidando de toda a condição”, disse. Escolas que não tenham produtos de higiene e equipamentos de proteção individual suficientes não devem reabrir. Alunos e funcionários do grupo de risco para a Covid-19 que tiverem atestado médico podem participar das aulas às distância. As escolas particulares já retomaram as aulas na semana passada. Na capital, a rede municipal tem o retorno previsto para a próxima segunda-feira, 15.

*Com informações da repórter Nanny Cox