Exportações de carne suína chegam a 750,3 mil toneladas e batem recorde

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2020 07h24
Em receitas, as exportações brasileiras de carne de porco geraram US$ 1,597 bilhão

Impulsionadas pelo surto de peste suína africana na Ásia, as exportações brasileiras de carne de porco bateram recorde em 2019. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal 750,3 mil toneladas foram embarcadas — um aumento de 16,2% em relação ao ano anterior.

Cerca de 10% do total foram vendidos durante o mês de dezembro, quando a intensificação da exportação gerou alta no preço das proteínas animais no mercado interno. Neste período, foram embarcadas 76 mil toneladas, o maior volume mensal da história do setor de suínos.

Em receitas, as exportações brasileiras de carne de porco geraram US$ 1,597 bilhão. A China – o país mais afetado pelo surto de peste suína – foi o principal destino do produto durante 2019.

O gigante asiático foi responsável por 248,8 mil toneladas, volume 61% superior ao ano anterior.

O Vietnã também se destacou com um aumento de 82,6% nas importações.

*Com informações da repórter Nanny Cox