Exumação dos restos mortais do ditador Francisco Franco acontece nesta quinta na Espanha

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2019 07h22 - Atualizado em 24/10/2019 11h40
EFE/David FernándezGrupo de pessoas aguarda a chegada dos restos mortais na porta do cemitério de El Pardo-Mingorrubio

O governo da Espanha exuma, nesta quinta-feira (24), os restos mortais do ditador Francisco Franco. A intenção é transportar o corpo do Vale dos Caídos, a 50 km de Madri, até o cemitério de El Pardo-Mingorrubio, na zona norte da capital, onde sua esposa foi sepultada.

A mudança deve acontecer de helicóptero – caso haja boas condições meteorológicas – e ser transmitida ao vivo, pela televisão e internet.

O governo do primeiro-ministro, Pedro Sánchez, no poder desde junho de 2018, transformou a exumação em uma de suas bandeiras. Sanchez declarou que a exumação será uma “grande vitória da dignidade, da memória, da justiça, da reparação e, portanto, da democracia espanhola”.

Sánchez prometeu a exumação no ano passado, mas o processo foi adiado em mais de um ano pela batalha judicial iniciada pela família do ditador, que governou a Espanha com mão de ferro depois de liderar o golpe de Estado contra a II República espanhola e vencer a Guerra Civil.

A oposição acusa o primeiro ministro de utilizar a exumação para obter uma vantagem eleitoral a pouco mais de duas semanas das eleições legislativas, nas quais os socialistas enfrentam um cenário complicado pela semana de distúrbios violentos na Catalunha.

*Com informações do repórter Victor Moraes