Fim de ano deve ter disparada de vagas temporárias de trabalho

No último trimestre de 2021, o Brasil deverá abrir 560 mil oportunidades

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2021 08h58 - Atualizado em 23/09/2021 10h10
Crédito: GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:178413Expectativa é que, com as datas comemorativas do final do ano, as vagas temporárias cresçam 20%

O mercado de trabalho deve aquecer no último trimestre de 2021. A expectativa é que, com as datas comemorativas do período, Dia das Crianças, Natal, Black Friday e Ano Novo, as vagas temporárias cresçam 20%, o que representa mais 560 mil postos desse tipo em todo o Brasil. O diretor da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (ASSERTTEM), Evandro Freitas de Souza, explica como conquistar uma dessas vagas: “A primeira coisa que é preciso fazer é acompanhar as redes sociais, para encontrar as oportunidades. De modo geral, o comércio, a indústria e a área de serviços são as grandes contratantes desse formato temporário de trabalho. Dessas 560 mil vagas que devem surgir, 60% serão da indústria, 25% na área de serviços e 15% no comércio. É necessário procurar as agências de emprego e se cadastrar às vagas”, afirma.

Sobre as possibilidades de um funcionário ser efetivado numa vaga temporária após o período do final do ano, Freitas de Souza, diz que é importante encarar a oportunidade com paixão, como quem pode ser efetivado. “Os números indicam, tradicionalmente, que 22% a 25% dos funcionários temporários são efetivados. Nós temos até uma expectativa maior para este ano, já que houve muito desemprego durante a pandemia. As empresas estão se recuperando e nós enxergamos uma possibilidade de aumentar esse número. O segredo para o trabalhador é entrar no trabalho dando o máximo de si, não enxergar como um trabalho transitório, mas sim uma oportunidade de ser efetivado. Aí a chance aumenta”, diz o diretor da ASSERTTEM.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini.