Flórida se torna novo epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos

Hoje, o Estado é responsável por um quinto dos novos casos da doença no país; foram mais de 10 mil infectados na última semana

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2021 08h17 - Atualizado em 03/08/2021 14h24
EFE/ Ivonne MalaverNeste momento, de acordo com o CDC, quase 35 bilhões de pessoas já foram contaminadas com a doença nos Estados Unidos

A Flórida se tornou o novo epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos após um aumento significativo nos casos da variante delta no país. Agora, o Estado responde por cerca de um quinto de todos os novos casos do coronavírus nos EUA. Foram mais de 10 mil infectados apenas na última semana, um aumento de cerca de 200% em poucos dias. É o maior número de casos registrados desde o início da pandemia, em 2020. Considerando as últimas duas semanas, o aumento dobra para 400%. O alto número está fazendo com que autoridades de saúde voltem ao plano de emergência na tentativa de frear o avanço da pandemia.

Na Flórida, os hospitais já estão instalando tentas do lado de fora para realização de triagem e atendimento aos pacientes. Por dentro, as salas de convenções se tornaram espaço para leitos e os quartos foram transformados em UTI. O pedido é para que todas as pessoas se vacinem contra a Covid-19. Neste momento, de acordo com o CDC, quase 35 milhões de pessoas já foram contaminadas com a doença nos Estados Unidos. O número de mortos saltou de 609 mil para 612 mil em apenas um final de semana. Em relação aos vacinados, 70% dos adultos já receberam pelo menos uma dose de algum imunizante de 49% completaram o ciclo vacinal.

*Com informações do correspondente Eliseu Caetano