Fotos mostram aglomeração e pessoas dormindo no chão em centro para imigrantes nos EUA

Administração Biden é pressionada pelo crescente número de viajantes do México e da América Central no país

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2021 07h22 - Atualizado em 23/03/2021 15h35
ReutersGoverno disse que há demora em viabilizar abrigos para grandes números de crianças porque estão seguindo os protocolos do CDC

Uma comitiva dos Estados Unidos viajou na última segunda-feira, 22, ao México para discutir o fluxo migratório e a cooperação para o desenvolvimento. A equipe deve se encontrar também com o presidente da Guatemala, Alejando Giammattei. A administração Biden vem sendo pressionada pelo crescente número de imigrantes do México e da América Central que tentam entrar no país. Somente em fevereiro, as autoridades norte-americanas prenderam 100.441 imigrantes sem documentação, contra 78.442 em janeiro.

A viagem ocorre um dia depois que fotos de aglomerações em um centro temporário em Donna, no Texas, foram divulgadas pelo deputado democrata Henry Cuellar. Nas imagens, é possível ver dezenas de pessoas sentadas em colchonetes de plástico e com cobertores térmicos. Algumas usam a máscara de proteção contra o coronavírus no queixo ou com o nariz para fora e não mantém o distanciamento físico.

De acordo com o deputado Henry Cuellar, 400 menores desacompanhados foram mantidos em uma tenda com capacidade para 260 pessoas. A Casa Branca evitou classificar a situação como uma crise. A administração Biden afirmou que todos foram testados contra a Covid-19 e aqueles que precisaram de quarentena foram isolados do restante. O governo disse que há demora em viabilizar abrigos para grandes números de crianças porque estão seguindo os protocolos do Centro de Controle e Prevenção de Doenças. O governo dos Estados Unidos avalia abrigar parte das famílias em hotéis.

*Com informações da repórter Nanny Cox