Governo prevê rombo de 11,3% do PIB em 2020

A previsão foi divulgada nesta quinta-feira, 30, pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, durante audiência na comissão do Congresso Nacional

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2020 07h03 - Atualizado em 31/07/2020 09h38
EDU ANDRADE/Ascom/MEDurante a audiência, o secretário Waldery Rodrigues reforçou que todas as propostas de socorro à economia feitas pelo governo respeitam o teto de gastos

O governo federal projeta que o déficit primário do setor público consolidado em 2020 ficará em mais de R$ 812 bilhões – o equivalente a 11,3% do Produto Interno Bruto (PIB).  A previsão foi divulgada nesta quinta-feira, 30, pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, durante uma audiência na comissão do Congresso Nacional que acompanha ações contra a Covid-19.

Ele lembrou que os cálculos iniciais apontavam para uma queda mais forte. “Na versão anterior, divulgada 30 dias atrás em vez de 11,3%  estava em 11,9%, quase 12% do PIB. Então o déficit estimado reduziu de 12% do PIB para 11,3% do PIB”, afirma. Durante a audiência, o secretário Waldery Rodrigues reforçou que todas as propostas de socorro à economia feitas pelo governo respeitam o teto de gastos.

*Com informações do repórter Vitor Brown