João Doria vê ‘resgate do PSDB’ nacionalmente com vitória em São Paulo

Para o governador, no entanto, a prioridade atual não é a eleição de 2022, mas sim o combate à pandemia no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 30/11/2020 07h26 - Atualizado em 30/11/2020 09h00
ANTONIO MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOO governador avaliou a reeleição de Bruno Covas como uma retomada no plano nacional do partido

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que o resultado das eleições deste ano é importante para o resgate do plano nacional do PSDB. Apesar disso, o governador de São Paulo afirmou que, após a apuração, a prioridade não é a eleição de 2022, mas sim o combate à pandemia no Brasil. “A reeleição de Bruno Covas na capital de São Paulo é uma reconfirmação de força, de eficiência e de aprovação da gestão do PSDB e do Bruno Covas. É uma retomada importante para o PSDB nacionalmente. Superada essa eleição, não temos que pensar na próxima eleição, temos que pensar no Brasil, ajudar a população a gravíssima crise do coronavírus, fazer a vacinação e libertar o brasileiro desta pandemia para que a economia possa ser retomada, os empregos e a normalidade possa ser retomada.

Também neste domingo, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que “é normal” o desgaste do partido e a redução de vitórias de candidatos tucanos nas eleições municipais de todo o país. Para 2022, FHC afirmou que vê o governador de São Paulo, João Doria, como um “forte candidato”, embora reconheça que existem outros nomes. “Não posso dizer que seja João Doria, Doria é um forte candidato, mas há outros também e não cabe a mim a decisão. Na verdade, quem decide é o povo. Os partidos vão votar em que tiver chance de ganhar”, disse. João Doria e FHC votaram acompanhados do candidato Bruno Covas.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini