Jovem que agredia a avó tem prisão preventiva decretada no RJ

Idosa tinha marcas e hematomas que ela quis dizer aos policias que eram da relação com a cadela da família

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2020 07h17 - Atualizado em 23/11/2020 07h29
Reprodução/Rádio Jovem PanImagens do circuito interno de segurança do prédio em que os dois vivam mostram algumas dessas cenas

Foi preso neste fim de semana, no Rio de Janeiro, um rapaz de 21 anos que agredia frequentemente a própria avó de 76 anos. As agressões são de longa data e vizinhos já tinham feito denúncias, mas imagens com as agressões que chegaram à policia foram fundamentais para a prisão do jovem. Ele foi identificado como Matheus Luz. A vitima é a idosa Maria Estela Vasconcelos da Silva. Ela resistia a chutes, socos e empurrões do neto, que teria problemas psicológicos e psiquiátricos. Imagens do circuito interno de segurança do prédio em que os dois vivam mostram algumas dessas cenas.

Dentro do elevador, o agressor pega uma garrafa de água e despeja na cabeça da idosa. Os vizinhos já tinham dito que Matheus deveria ter algum problema pelo comportamento bastante agressivo com todos. A idosa tinha, pelo corpo, marcas e hematomas que ela quis dizer aos policias que eram da relação com a cadela da família. O IML, no entanto, comprovou que eram marcas de agressão. A justiça do Rio de Janeiro decretou a prisão preventiva de Matheus Luz, que na delegacia confirmou todas as agressões contra a avó. Ele foi preso e está preventivamente detido por lesão corporal com violência domestica, discriminação e humilhação de pessoa idosa.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga