Juros de crédito e cheque especial crescem em novembro, aponta Banco Central

Levantamento aponta que aumento no cheque especial foi de 112,9% para 113,6% ao ano

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2020 11h51 - Atualizado em 24/12/2020 13h52
ReproduçãoO estudo mostra ainda que a taxa de juros para financiamento de automóveis passou de 18,9% em outubro para 19% em novembro

Em meio aos efeitos da pandemia do coronavírus os juros do cartão de crédito e do cheque espeacial subiram em novembro. Um levantamento feito pelo Banco Central aponta que o salto no patamar do cheque especial foi de 112,9% para 113,6% ao ano. Já no cartão de crédito o rotativo pulou de 317,4% para 319,8%. Ambos possuem os juros mais altos do mercado. Na análise do BC mesmo com a crise econômica causada pela Covid-19, os brasileiros têm conseguido pagar as contas em dia, o que reduziu o índice de inadimplência. Entretanto, a maior parte de devedores está nessas modalidades. O estudo mostra ainda que a taxa de juros para financiamento de automóveis passou de 18,9% em outubro para 19% em novembro. Entretanto, o juro médio, que considera o crédito livre no mercado, caiu 0,2 pontos percentuais e agora está em 26,3%.

*Com informações do repórter Daniel Lian