Luís Roberto Barroso elogia Reforma Eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral também comemorou a rejeição à volta das coligações partidárias

  • Por Jovem Pan
  • 24/09/2021 07h01 - Atualizado em 24/09/2021 10h15
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDOMinistro destacou a importância do dispositivo que incentiva a participação de mulheres e negros na política

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, parabenizou o Senado Federal pelo texto da PEC da Reforma Eleitoral aprovado. O ministro destacou a importância do dispositivo que incentiva a participação de mulheres e negros na política. “Especial ênfase e louvando a decisão do Congresso Nacional de contagem em dobro dos votos de candidatos negros e de candidatas mulheres até 2030 para fins do cálculo da partilha dos recursos do Fundo Partidário e do chamado Fundo Eleitoral.” Luís Roberto Barroso também ressaltou o fim das coligações. “O Congresso reiterou a sua posição louvável igualmente de rejeição das coligações. Em eleições proporcionais precisamos dar uma racionalidade ao sistema brasileiro. E essa decisão que já havia sido tomado pela Congresso e foi ratificada é muito importante”, disse. A volta das coligações partidárias foi aprovada na Câmara dos Deputados, mas o trecho foi retirado da matéria pela relatora Simone Tebet (MDB). A medida foi bem vista por muitos especialistas, uma vez que, segundo eles, as coligações favorecem a criação de mais legendas.

*Com informações da repórter Carolina Abelin