Mesmo com escalada de violência, prefeito de Angra dos Reis revoga pedido de emergência

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2018 10h54
Reprodução/TV Rio SulJordão disse que revogou o decreto porque a sensação de segurança no município foi restabelecida

Para surpresa de moradores da cidade de Angra dos Reis, o prefeito Fernando Jordão decidiu revogar nesta terça-feira (28) o decreto de emergência na área de segurança pública da cidade.

Angra dos Reis estava em calamidade pública por conta do avanço da violência e criminalidade. Na semana passada, Jordão esteve com a cúpula da Segurança Pública no Estado para pedir ajuda e recebeu promessas de que um veículo blindado atuará na cidade e um plano de segurança será implementado na próxima semana.

Nesta terça-feira (28), sem muitas explicações, Jordão disse que revogou o decreto porque a sensação de segurança no município foi restabelecida. Mas, no último fim de semana, houve confrontos entre policiais e traficantes na Comunidade do Belém. Dois bandidos morreram e dois policiais ficaram feridos.

Angra dos Reis passou a ser uma rota prioritária de bandidos que atuam na conexão RJ-SP. A Dutra está patrulhada e os criminosos resolveram buscar a Rio-Santos como rota alternativa. Em Angra dos Reis, a principal facção está tentando a hegemonia e controlar favelas de grupos rivais.

*Informações do repórter Rodrigo Viga