Mesmo sem resultado oficial, Lacalle Pou vê vitória ‘irreversível’ no Uruguai

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2019 06h35
EFEContagem de votos só será finalizada no fim de semana

O candidato à Presidência do Uruguai, Luis Lacalle Pou classificou como “irreversível” o resultado do segundo turno das eleições do último domingo (24). Com 100% das urnas apuradas, ele tem 48,7% dos votos, e o candidato governista, Daniel Martínez, da Frente Ampla, 47,5%.

De acordo com a Corte Eleitoral uruguaia, o resultado oficial só deve ser conhecido no fim da semana. Isso porque ainda está ocorrendo a contagem dos chamados “votos observados”, que requerem uma checagem especial, mais demorada.

São votos registrados fora da zona eleitoral, de idosos e de pessoas com necessidades especiais. Esses pouco mais de 35 mil eleitores ainda podem, matematicamente, alterar o resultado, já que o pleito está acirrado e Lacalle Pou tem apenas 28.666 votos a mais que Martínez.

Em clima de comemoração, Lacalle Pou disse que o atual presidente, Tabaré Vázquez, telefonou para ele, mas não deu detalhes do que foi conversado.

Sobre Martínez, Lacalle Pou afirmou que, “lamentavelmente”, o candidato do governo ainda não havia reconhecido a vitória dele. Pelo twitter, Daniel Martínez disse que vai cumprimentar Lacalle Pou pessoalmente assim que for confirmada a eleição dele.

Essa é a segunda vez que o advogado Luis Lacalle Pou, que é filho do ex-presidente Luis Alberto Lacalle Herrera, disputa a presidência do Uruguai. Nas eleições de 2014, ele foi derrotado pelo atual presidente, Tabaré Vázquez.

Vázquez integra a Frente Ampla, no poder desde 2005.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni