Mineração é essencial para o Brasil e pode ser sustentável, diz ministério

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2020 07h44
Antonio Lacerda/EFESecretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia afirmou que após Brumadinho, fiscalização de barragens ficou mais rígida

O Governo Federal quer conscientizar a população de que a mineração é importante não só para a economia do país, mas também para que o Brasil avance e se desenvolva de forma sustentável.

As vésperas do aniversário de um ano do rompimento da barragem do Córrego do Fundão, em Brumadinho, o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Alexandre Vidigal, recebeu a Jovem Pan para uma entrevista exclusiva.

Ele explica que as regras impostas pela Agência Nacional de Mineração após a tragédia fizeram com que o setor passasse a trabalhar com normas de seguranças mais rígidas do que na grande maioria dos países do Mundo. Ele também garante que aqueles que moram em áreas de risco podem ficar tranquilos, e lembra que a mineração está em quase tudo que o ser humano usa e consome, diariamente.

“Nós temos que entender que essa barragem, para os órgãos de fiscalização, ou melhor, para o órgão que trata especificamente da estabilidade e segurança de barragem, não havia nenhuma informação de risco iminente no desabamento dessa barragem. Você veja que como aconteceu com essa, que não se encontrava em situação de atenção especial, a nossa preocupação então foi exatamente essa. Como estão as outras , até aquelas que se encontram com um nível de atenção declarado.”

A tragédia de Brumadinho matou 270 pessoas, e 11 ainda estão desaparecidas.

* Com informações do repórter Antônio Maldonado.