Ministério da Justiça divulga pesquisa sobre acessibilidade com deficiência social

O objetivo é levantar as dificuldades enfrentadas por eles e encontrar possíveis soluções de acessibilidade

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2020 07h04 - Atualizado em 21/09/2020 08h06
Antonio Cruz/AbrO trabalho também deve subsidiar futuras ações voltadas à temática para garantir a acessibilidade dos deficientes visuais

O Ministério da Justiça e Segurança Pública quer conhecer as dificuldades que as pessoas com deficiência visual possuem para utilizar as diversas plataformas jurídicas online do país. Por isso, a Secretaria Nacional de Justiça está promovendo, junto com a Rede de Acessibilidade Jurídica, uma pesquisa com essa população. O objetivo é levantar as dificuldades enfrentadas por eles e encontrar possíveis soluções de acessibilidade. O secretário nacional de Justiça, Cláudio de Castro Panoeiro, que também é deficiente visual, explica que processos que parecem simples podem ter muitas dificuldades.

O secretário destaca que o acesso à Justiça Digital foi elencado como o quarto eixo de atuação da gestão do novo presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux. Segundo Cláudio de Castro Panoeiro, entre todas as páginas jurídicas online que estão sendo estudadas pelo Ministério da Justiça, nenhuma até agora atendeu completamente às necessidades dos cegos. Por isso, o secretario ressalta que a ideia da pesquisa é que as políticas públicas da pasta sejam construídas em conjunto com a sociedade. O trabalho também deve subsidiar futuras ações voltadas à temática para garantir a acessibilidade dos deficientes visuais. A pesquisa pode ser acessada nas redes sociais do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

*Com informações das repórteres Beatriz Manfredini e Camila Yunes