Mirando em 2022, Witzel se distancia da família Bolsonaro e alfineta Doria

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2019 07h23
Fernando Frazão/Agência BrasilNa época em que era candidato ao governo, Witzel aproximou sua imagem à de Bolsonaro

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), dá sinais cada vez mais claros de que vai levar para frente o seu projeto de se lançar candidato à Presidência da República em 2022. Nesta terça-feira (10), ele publicou, em seu Twitter, uma mensagem em que confirma seu compromisso com os valores democráticos, nitidamente uma resposta a uma publicação feita na véspera pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSL).

Witzel ficou conhecido na política no ano passado, e, durante a campanha, colou na imagem no então candidato Jair Bolsonaro (PSL) e sua família, incluindo o senador Flávio Bolsonaro (PSL). Atualmente, porém, se diz nos bastidores que não se pode mais convidar Flávio e Witzel para uma mesma mesa.

O governador, inclusive, vem fazendo diversas críticas ao governo Bolsonaro, especialmente à articulação política para a aprovação de medidas e projetos no Congresso Nacional.

Ele também afirma, internamente, no Palácio Guanabara, que um dia vai subir a rampa do Palácio do Planalto, em Brasília. Não à toa, Witzel dá suas caneladas no governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), que pode ser seu principal adversário na corrida eleitoral.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga