Obra-prima de Botticelli é vendida por US$ 92,2 milhões

Pintura é considerada um dos grandes retratos produzido pelo artista italiano

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2021 06h51
ReutersO retrato Jovem Segurando um Medalhão já foi exposto em grandes museus ao redor do mundo e tem cerca de 500 anos

A obra Jovem Segurando um Medalhão, do artista italiano Sandro Botticelli, foi leiloada pela Sotheby’s, em Nova York. O quadro, de 58 x 39 centímetros, foi vendido por US$ 92,2 milhões — o equivalente a R$ 498 milhões. A pintura é considerada um dos grandes retratos produzido por Botticelli. A identidade do jovem retratado é desconhecida, mas alguns especialistas acreditam que pode ser um amigo próximo da família Medici, poderoso clã florentino. O quadro mostra um homem jovem, loiro, com os cabelos soltos, na altura da nuca, segurando à frente um medalhão com a imagem de um santo, como se estivesse mostrando para o espectador.

A figura desta santidade é também uma obra original, do século XIV, atribuída ao também pintor italiano Bartolommeo Bulgarini. O retrato Jovem Segurando um Medalhão já foi exposto em grandes museus ao redor do mundo e tem cerca de 500 anos. Nos últimos 150 anos, a pintura esteve sob os cuidados privados e foi leiloada em 1848 por US$ 64. Sandro Botticelli é um dos grandes expoentes do renascimento italiano, movimento artístico que sucedeu a idade média e tinha características como a valorização da antiguidade clássica, da ciência e do humanismo. O pintor florentino, que nasceu em 1445, é autor de outras grandes obras da renascença: O Nascimento de Vênus e A Primavera.

*Com informações da repórter Camila Yunes