Paulo Guedes avalia que Brasil ‘escapou da ameaça de depressão’

O ministro defende estudos para inserção dos 40 milhões de invisíveis identificados durante a pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 09/12/2020 07h36 - Atualizado em 09/12/2020 08h21
CLÁUDIO MARQUES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOO ministro da Economia admite que pandemia poderia levar o país a depressão econômica

O ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltou a democracia brasileira e admitiu que pandemia poderia levar o país a uma depressão econômica. Guedes participou do “Diálogo entre os Poderes para retomada econômica do país”,  promovido pelo Instituto de Estudos Jurídicos Aplicados. “O Brasil surpreendeu o mundo de novo, a democracia brasileira funcionou, apesar de todo o barulho. Articuladamente, o Brasil escapou da ameaça de depressão. No primeiro ano escapamos do abismo fiscal, e no segundo ano escapamos da ameaça de depressão.”

O chefe do Ministério da Economia defendeu estudos para um regime extraordinário temporário ao citar 40 milhões de invisíveis, que teriam sido identificados pelo governo federal durante a pandemia, e questionou: “Nós vamos continuar ignorando essa legião de brasileiros? Ou nós temos que, de alguma forma, em uma legislação, reconhecê-los? É a nossa proposta do Contrato Verde e Amarelo”. A medida foi rejeitada no Congresso Nacional.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos