Rendido por PMs, motoboy aparece em vídeo gritando que ‘não consegue respirar’

Na delegacia, o motoboy disse ter sido agredido dentro da viatura; o episódio aconteceu durante novo ato dos entregadores de aplicativos

  • Por Jovem Pan
  • 15/07/2020 06h34 - Atualizado em 15/07/2020 09h39
WILLIAN MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDOEm nota, a Polícia Militar informou que os policiais militares foram abordar o motoboy ao perceber que a moto dele estava com a placa encoberta

A Corregedoria da Polícia Militar vai apurar as circunstâncias de uma abordagem durante um protesto de motociclistas de aplicativos na tarde da terça-feira (14), em São Paulo. Um vídeo, divulgado nas redes sociais, mostra quando dois PMs imobilizam um motoboy numa das principais avenidas da cidade. Na gravação, dois agentes, um homem e uma mulher, tentam conter o entregador, que resiste e acaba caindo no chão. Outro vídeo mostra o motociclista já deitado, levando uma gravata de um dos policiais. Na gravação, é possível ouvir o motoboy gritar que não consegue respirar.

Em nota, a Polícia Militar informou que os policiais militares foram abordar o motoboy ao perceber que a moto dele estava com a placa encoberta. Ainda segundo a corporação, o motociclista reagiu e precisou ser contido. Na porta da delegacia, o motoboy disse ter sido agredido dentro da viatura. O episódio aconteceu durante mais um ato de entregadores de aplicativos por melhores condições de trabalho.

Uma audiência de conciliação reuniu entregadores e empresas no Tribunal Regional do Trabalho no meio da tarde, mas, por problemas técnicos, a reunião que era remota acabou suspensa. Uma nova rodada de negociações será marcada.

*Com informações do repórter Leonardo Martins