Polícia investiga denúncia de estupro em escola no Rio de Janeiro

Estudantes de 12, 13 e 15 anos de idade teriam forçado uma colega de idade semelhante a praticar sexual oral em um deles

  • Por Jovem Pan
  • 11/06/2022 11h23
Divulgação/Polícia Civil da Bahia Polícia Civil da Bahia Polícia investiga o caso e já começou a ouvir os envolvidos

Um suposto caso de estupro envolvendo menores de idade dentro da escola Estadual Duque de Caxias, no município homólogo da Baixada Fluminense está sendo investigado pela polícia civil do Rio de Janeiro. O caso envolve uma estudante de 12 anos de idade. O abuso análogo a estupro teria acontecido na última quinta-feira, 9, segundo a denúncia da própria vítima. Ela disse que foi encurralada por três estudantes do mesmo colégio e que foi obrigada a fazer sexo oral em um deles. O ato teria acontecido durante uma das aulas. Segundo as investigações, os adolescentes que teriam abusado da colega teriam 12, 13 e 15 anos de idade. Um deles já foi ouvido pela polícia e negou a ação. A estudante supostamente abusada também já prestou depoimento. O professor que dava aula no momento está sendo aguardado na delegacia para ser ouvido. Por serem menores de idade, a polícia do Rio de está tratando o caso como “crime análogo a estupro de vulnerável”. Se a denúncia for confirmada, os adolescentes podem responder pela infração com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

*Com informações do repórter Rodrigo Viga