Projeto no Senado quer isentar IR para quem ganha até R$ 4.135,00

Atualmente, a isenção vale para quem recebe até R$ 1.903,98; proposta do senador Fabiano Contarato também propõe mudanças na alíquota do Imposto de Renda

  • Por Jovem Pan
  • 28/03/2021 13h00
Marcello Casal Jr/Agência BrasilSegundo a proposta, a parcela a deduzir do IR também aumentaria progressivamente de acordo com a renda

O Projeto de Lei apresentado pelo senador Fabiano Contarato (Rede) quer isentar o Imposto de Renda (IR) para quem recebe salários mensais de até R$ 4.135.  Atualmente, a isenção vale para quem recebe até R$ 1.903,98. Além disso, de acordo com o texto, pessoas que ganham de R$ 4.135 a R$ 6.138 por mês passariam a pagar uma alíquota de até 15% do imposto. Cidadãos que recebem até R$ 10.130 mensais teriam alíquota de 22,5% e quem recebe acima de R$ 10.130 seria de 27,5%. A parcela a deduzir do IR também aumentaria progressivamente de acordo com a renda.

O valor apontado pelo projeto se baseia em uma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos. A proposta também define que reajustes no teto de isenção sejam feitos anualmente por meio do IPCA, o Índice Nacional de Preços do Consumidor, que serve de referência para o cálculo da inflação. Para presidente do Sindifisco, Kleber Cabral, o tema da correção da tabela demanda uma solução mais ampla, que desonere o assalariado, mas traga equilíbrio no conjunto das receitas. Ele destaca que é preciso cobrar mais de quem pouco ou nada paga. O Sindifisco tem uma proposta que define R$ 3 mil como teto para isenção do Imposto de Renda.

*Com informações do repórter Levy Guimarães