Rio de Janeiro deve concluir vacinação de idosos com dose de reforço na próxima semana

88% população já tomou uma primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus, 70% duas doses

  • Por Jovem Pan
  • 09/11/2021 10h13 - Atualizado em 09/11/2021 10h52
WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A aplicação da dose de reforço, também chamada de terceira dose, contra a Covid-19 pode ser concluída no Rio de Janeiro já na próxima semana. Novas remessas de imunizantes chegaram nos últimos dias e outros estão para chegar, garantindo a sequência da campanha de vacinação. Os estoques estavam baixos no Rio, mas, com a última remessa enviada pelo Ministério da Saúde, a cidade do Rio de Janeiro fica com 300 mil doses de AstraZeneca e quase 180 mil doses da Pfizer. Diante desse cenário a prefeitura, está reduzindo o intervalo da Pfizer para jovens de 17 anos ou mais. Até a semana passada, essa faixa etária era de 20 anos ou mais para um intervalo menor entre primeira e segunda doses do imunizante da Pfizer. O Rio de Janeiro tenta acelerar a vacinação para enfrentar, cada vez mais, a pandemia de Covid-19. O número de internados segue baixo na cidade, com mínimas, cerca de 1% apenas dos internados na rede pública de Saúde estão com Covid-19. 88% população já tomou a primeira dose vacina contra o novo coronavírus, 70% duas doses; No Estado, são quase 69 mil mortes por Covid-19 desde o início da pandemia, mais da metade da capital.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga