Rio de Janeiro entra em nova fase de enfrentamento à Covid e variante Delta deixa país em alerta

Estado emite muitas pessoas para outros localidades e também recebe muitos turistas; essa interatividade pode ajudar no espalhamento da cepa

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2021 09h56 - Atualizado em 29/08/2021 10h53
TITA BARROS/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO - 27/08/2021 Rio de Janeiro se tornou o epicentro da variante Delta no Brasil

O Rio de Janeiro está entrando em uma nova fase no enfrentamento à pandemia da Covid-19. O Rio se tornou o epicentro da variante Delta no Brasil nesse mês de agosto. A doença tende a se espalhar por outras cidades e Estados brasileiros. O alerta já foi ligado, por exemplo, em Minas Gerais. O Rio de Janeiro manda muitas pessoas para outros municípios e Estados e também recebe muitos turistas. Essa interatividade pode ajudar no espalhamento da cepa, que já é por si só mais transmissível. A partir desta semana, a Prefeitura do Rio de Janeiro começa a aplicar a terceira dose da vacina em idosos. Inicialmente, serão vacinadas pessoas com mais de 60 anos que estão em locais de longa permanência, os chamados asilos.

Já a partir do próximo dia 13 de setembro inicia-se a vacinação com terceira dose para as pessoas idosas em geral, começando por quem tem 95 anos ou mais. Essa semana é reservada ainda para imunização de adolescentes. A prefeitura do Rio de Janeiro, na próxima quarta-feira, 1º, coloca em prática o passaporte sanitário. Para entrada em locais públicos e privados de uso público aqui na capital, as pessoas terão que apresentar caderneta de vacinação ou um documento digital através do Conecte-SUS, que será uma espécie de passe para o acesso e permanência nesses locais.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga