Ruas do Brás ficam lotadas no último final de semana antes do Natal

Lojas do comércio podem ficar abertas por 12 horas no Estado de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 21/12/2020 10h00
EFE/ José PazosComerciantes esperavam mais compras e movimento para a data

Muvuca, muito transito e um calor de 35º C. O último sábado antes do Natal no Brás, em São Paulo, foi bem movimentado. Apesar das ruas estarem lotadas, a gerente de uma loja de roupas, Ana Maria, esperava que o pessoal fosse gastar um pouco mais. “Eles vem, compra só o necessário mesmo”, disse. Um vendedor que chamou a atenção: sem conseguir vender muito, ele estendeu uma escada no meio da calçada para vender as malas. “Eu pensei que ia atingir muito meu setor, mas não. Aqui a gente está em uma selva. Como meu box fica lá no fundo, preciso colocar aqui para me verem. Se eu ficar lá dentro ninguém vê, tenho que usar essa estratégia”, disse Marcos.

Katia Regina trouxe os três filhos para comprar o presente de Natal, mas achou o preço muito alto. “Não está compensando vir aqui no Brás, não. As coisas estão muito caro. Eu vim na intenção de comprar um tênis para o meu filho, só vi de R$ 300 ou R$ 250. Aqui na feirinha está R$ 60.”A Joyce Evangelista é autônoma é adora uma muvuca. “Muito lotado, mas está gostoso. Eu gosto disso. Vim comprar roupinha, sapatinhos mais em conta.” As lojas no Brás podem ficar abertas por 12 horas e a expectativa é que, até o dia do Natal, as ruas permaneçam lotadas.

*Com informações do repórter Victor Moraes