Segunda etapa da vacinação contra a gripe começa nesta terça-feira

Fase inicial da campanha atingiu apenas 30% do público alvo; imunização de idosos com 60 anos ou mais e professores acontece até 8 de junho

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2021 07h05 - Atualizado em 11/05/2021 08h37
EFE/EPA/OMER MESSINGERNo ano passado, o vírus influenza foi responsável pelo registro de mais de 800 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Estado de São Paulo, provocando 119 mortes

A partir desta terça-feira, 11, idosos com 60 anos ou mais e professores já podem procurar os postos de saúde para se vacinar contra a gripe. A campanha inicia a segunda etapa, que pretende imunizar cerca de 33 milhões de pessoas em todo o país. No Estado de São Paulo, o público é estimado em 7,8 milhões de pessoas. No entanto, a diretora de imunização da secretaria de saúde estadual explica que a procura pela vacina é baixa desde o início da aplicação. Nubia Araújo faz um apelo para que a população busque a proteção, muito importante especialmente para ajudar no enfrentamento à Covid-19. “Justamente para poder contribuir neste momento com a redução de internações, hospitalizações, porque a gripe também causa essas situações. Diferente de um resfriado comum, a gripe pode levar a uma necessidade de hospitalização e outras complicações pulmonares, como pneumonias e outras doenças que podem agravar, levando até a morte.”

No ano passado, o vírus influenza foi responsável pelo registro de mais de 800 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave no Estado de São Paulo, provocando 119 mortes. Até meio dia desta segunda-feira, mais de 7,6 milhões de pessoas haviam sido vacinas contra a gripe no Brasil. O número corresponde a 30% do público alvo para a primeira etapa, que soma cerca de 25 milhões de pessoas. A primeira etapa da vacinação foi destinada para crianças de 6 meses a 6 anos de idade, indígenas, trabalhadores da área da saúde, gestantes e puérperas – mulheres que tiveram bebe recentemente. A segunda etapa, que inclui idosos com mais de 60 anos e professores, segue até o dia 8 de junho.

*Com informações da repórter Carolina Abelin