SP: Setor de bares e restaurantes pede extensão do horário de funcionamento

Depois do fechamento obrigatório 104 dias por causa da pandemia da Covid-19, os estabelecimentos estão recebendo o público desde 6 de julho

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2020 08h12 - Atualizado em 27/07/2020 09h12
CLAUDIA MARTINI/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDOUm manifesto apoiado pelo Sindicato de Restaurantes e Bares de São Paulo foi divulgado neste fim de semana pedindo o funcionamento a noite

Os bares e restaurantes da cidade de São Paulo apelam ao Governo do Estado para ampliar o horário de funcionamento no período noturno. Depois do fechamento obrigatório 104 dias por causa da pandemia da Covid-19, os estabelecimentos estão recebendo o público desde seis de julho. O protocolo assinado pelo setor e pela Prefeitura da Capital previa a possibilidade de expediente até às 22 horas. No entanto, o decreto do Estado, que prevalece sobre o municipal, manteve a abertura somente até às 17h.

Um manifesto apoiado pelo Sindicato de Restaurantes e Bares de São Paulo foi divulgado neste fim de semana pedindo o funcionamento a noite. O diretor jurídico do SindResBar, Carlos Augusto Dias, afirma que o setor está preparado para funcionar em qualquer horário. Se na Capital, a cena de bares e restaurantes abertos só é possível até 17h, em algumas cidades da região metropolitana isso já é diferente. As prefeituras de Santo André e São Caetano do Sul autorizaram a ampliação dos horários de funcionamento.

*Com informações do repórter Tiago Muniz