Ucrânia e ação de hackers devem pautar primeiro encontro entre Biden e Putin

Evento será na quarta-feira, 16, em Genebra, na Suíça; presidentes devem tratar dos ataques cibernéticos atribuídos pelo governo americano aos russos

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2021 09h10 - Atualizado em 14/06/2021 10h47
EFE/EPA/MICHAIL KLIMENTYEV Desde que assumiu a Casa Branca, em janeiro, Biden impôs novas sanções contra a Rússia, como reação aos supostos ataques

Os presidentes Joe Biden, dos Estados Unidos, e Vladimir Putin, da Rússia, se reunirão pela primeira vez nesta semana. O encontro será na quarta-feira, em Genebra, na Suíça. Estarão na pauta “questões de estabilidade estratégica, a resolução de conflitos regionais e a pandemia de Covid-19“. O professor de Direito Internacional Manuel Furriela destaca que um dos pontos discutidos deverá ser a Ucrânia. “Joe Biden sinalizou que vai apoiar todas as questões que demonstrem que a autonomia da Ucrânia é importante e que ela poderá ser plenamente exercida.” Segundo Furriela, Putin e Biden deverão tratar também dos ataques cibernéticos atribuídos pelo governo americano aos russos. “Também Joe Biden deverá apresentar uma agenda demonstrando que não vai aceitar ou que vai criar semirrestrições aos ataques de hackers que sofrem os Estados Unidos há muito tempo e são atribuídos a uma possível origem russa.” Desde que assumiu a Casa Branca, em janeiro, Biden impôs novas sanções contra a Rússia, como reação aos supostos ataques.

*Com informações do repórter Vitor Brown