Um em cada quatro médicos atua em capitais, diz levantamento da categoria

Região do país com maior déficit é o Norte, com apenas 25 mil profissionais para todo o território

  • Por Jovem Pan
  • 07/02/2023 11h33 - Atualizado em 07/02/2023 13h30
DCStudio - br.freepik.com Pediatra recebe criança e sua mãe no consultório médico População brasileira é servida de maneira desigual por quantidade de médicos

Dados do Conselho Federal de Medicina mostram que, atualmente, existem 445 mil médicos atuando em todo o Brasil. O que dá uma média de 2,56 profissionais para cada 1 mil habitantes. Em 2010, segundo o Censo do IBGE, havia 343 mil médicos no país, numa média de 1,76 profissionais para cada 1 mil habitantes. Apesar do número de médicos ter crescido, ainda existem regiões que enfrentam déficit no número de médicos. Do total, 24% dos médico, quase 1 em cada 4, atua nas capitais dos Estados. A região com o pior déficit é o Norte, com apenas 25 mil médicos atuando. As regiões com menores déficits são sul e sudeste, com quase 290 mil profissionais atuando. Considerando que cada médico exerça a profissão por pelo menos 43 anos, as estimativas do Conselho Federal de Medicina é de que, em cinco anos, o país tenha 873 mil médicos em atuação. Por isso, precisam ser desenvolvidas políticas públicas para que esses médicos possam chegar a áreas mais deficitárias, onde faltam profissionais de medicina. O Conselho ainda mostrou no levantamento que a média de idade dos médicos em atuação é de 44 anos.

*Com informações do repórter David de Tarso

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.