Varejistas são vítimas de uso indevido da marca por golpistas da internet

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2019 08h32
Reprodução/FacebookEm geral, os golpistas estão em busca da participação das pessoas para obter dados sigilosos e a aplicação em futuras fraudes

O Procon de São Paulo faz um novo alerta aos consumidores para o cuidado com as falsas promoções em páginas da Internet, mensagens de celular e no Facebook.

Páginas criadas na rede social anunciam sorteios e outras promoções em estabelecimentos comerciais como Lojas Cem, Americanas, Magazine Luíza e bancos, como o Santander.

Em geral, os golpistas estão em busca da participação das pessoas para obter dados sigilosos e a aplicação em futuras fraudes, como ressalta a coordenadora de Atendimento e Orientação do Procon, Renata Reis.

“O consumidor precisa ficar muito atento quando recebe esse tipo de oferta. É importante ele entrar em contato com a empresa que faz a oferta através do SAC  para que ela possa tomar medidas como fazer um comunicado para o grande público.”

Renata Reis ainda ressalta que o Facebook – ou qualquer outra rede social – pode ser responsabilizado a partir do momento que o consumidor fizer a denúncia, a empresa ter conhecimento dela e não tomar nenhuma medida.

O Procon lembra que o consumidor deve denunciar as falsas promoções e, uma vez lesado, precisa registrar um Boletim de Ocorrência na Polícia, para que as autoridades tinham ciência da prática criminosa.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos