Varejo reforça confiança na retomada das vendas com Black Friday e festas de fim de ano

Embora o segundo ano de pandemia tenha sido desafiador para o setor, o superintendente das Lojas Cem aposta que as promoções trazidas pelo comércio irão impulsionar a retomada econômica

  • Por Jovem Pan
  • 18/11/2021 11h01 - Atualizado em 18/11/2021 12h35
EVANDRO LEAL/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO - 17/11/2021 Pessoas passando na fachada de uma loja com cartazes de promoção Movimento de consumidores em frente a loja com cartazes de desconto na Black Friday, em Porto Alegre; neste ano, evento será no dia 26 de novembro

Embora o segundo ano de pandemia tenha sido desafiador para o setor, o superintendente das Lojas Cem, José Domingos Alves, reforça as expectativas para o fim de 2021. “Em março de 2020 quando começou a pandemia no Brasil, todo mundo ficou assustado. Era desconhecido, ninguém sabia o que iria acontecer. Houve fechamento de lojas por um longo tempo, mas depois teve a retomada. O comércio voltou a abrir, voltou quase à normalidade e houve um aquecimento nas vendas. Então você conseguiu recuperar o tempo que ficou fechado. Porém, em 2021, havia uma expectativa de que seria menos desafiador e, na verdade, não foi o que aconteceu”, relata Domingos Alves. “Houve alguma dificuldade de produção, falta de produto, dificuldade de negociação com o fornecedor e isso, evidentemente, tornou o ano um pouco mais complicado em termos de resultado. Porém as coisas estão se normalizando e eu acredito haverá uma recuperação nesse último trimestre do ano do que houve de perda nos outros trimestres”, avalia o superintendente, que espera que a alta inflação não interfira tanto no resultado.

O setor varejista também reforça a confiança na retomada com vendas impulsionadas pela Black Friday e festas de fim de ano. “Eu acredito que a confiança não está tão grande, vamos ser sinceros. Mas há grandes movimentos da indústria e do comércio para gerar para o consumidor excelentes condições. Esse esforço e essa energia de trazer grandes promoções irão gerar um equilíbrio, proporcionando uma Black Friday interessante, com bons resultados e que ajudará a gente a recuperar esse ano tão desafiador que foi 2021”, pondera Domingos Alves. Para 2022, o superintendente projeta que as eleições presidenciais movimentarão a economia. “A nossa eleição está um pouco complicada, não temos candidatos certos para eleição, mas já há um movimento. Eu tenho certeza que no momento certo vão se estabelecer os candidatos e a economia vai ter uma resposta positiva”, aponta. Apesar da crise causada pela Covid-19, as Lojas Cem não deixaram de investir e novas unidades foram inauguradas ao longo de 2020 e 2021. “Nós não deixamos de investir em nenhum momento. Tanto é que inauguramos algumas lojas esse ano. Vamos lançar uma na sexta-feira, 19, na cidade de Mairiporã. Aliás, será a nossa segunda loja no município. Nós temos mais quatro lojas em construção para serem inauguradas esse ano ainda. Para o próximo ano, temos uma expectativa muito boa para o lançamento de 12 a 15 lojas”, elencou Domingos Alves.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos