Ventos diminuem, mas incêndios ainda assustam e causam prejuízos na Califórnia

  • Por Jovem Pan
  • 01/11/2019 07h21 - Atualizado em 01/11/2019 07h32
EFEPrejuízos já passam de um US$ 1 bilhão

O aumento da intensidade dos ventos nos últimos dias agravou a situação dos incêndios na Califórnia. Nesta quinta-feira (31), bombeiros trabalharam no combate às chamas em San Bernadino, próximo à Los Angeles.

Segundo autoridades locais, cerca de 30 mil pessoas foram retiradas das áreas de risco. O fogo chegou próximo à Biblioteca Presidencial Ronald Reagan, ex-presidente norte-americano, sem causar danos.

Neste ano, os bombeiros enfrentam mais um desafio: os incêndios simultâneos no norte e no sul do estado. O Serviço Nacional de Meteorologia informou que o alerta vermelho para fortes rajadas de vento era válido até ontem (31), porém o risco de propagação do fogo ainda é extremo.

Cerca de 18 milhões de californianos vivem em áreas afetadas pelos alertas de emergência. Os prejuízos causados pelo fogo no Estado já passam de um US$ 1 bilhão.

*Com informações da repórter Livia Fernanda