Weintraub é advertido por Comissão de Ética após ofender Lula e Dilma

  • Por Jovem Pan
  • 29/01/2020 06h25 - Atualizado em 29/01/2020 09h15
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoO ministro Abraham Weintraub havia pedido o arquivamento da processo e não se manifestou sobre a advertência

A Comissão de Ética da Presidência da República concluiu que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, quebrou o decoro do cargo com um tweet feito em junho do ano passado.

Na postagem, o ministro comparou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff com uma carga de cocaína encontrada com um sargento dentro de um avião da Força Aérea Brasileira.

Weintraub escreveu: “No passado o avião presidencial já transportou drogas em maior quantidade. Alguém sabe o peso do Lula ou da Dilma?”

Deputados petistas entraram então com uma representação contra o ministro.

A Comissão concluiu por unanimidade que o ministro infringiu o artigo 3º do Código de Conduta da Alta Administração Federal, segundo o qual autoridades públicas devem se pautar por padrões da ética.

Durante a votação, o relator do caso, conselheiro Erick Vidigal, disse que a declaração evidencia um distanciamento da postura que se espera de um titular da Pasta da Educação.

O ministro Abraham Weintraub havia pedido o arquivamento da processo e não se manifestou sobre a advertência.

*Com informações da repórter Nanny Cox