Witzel mira no turismo para fazer Rio de Janeiro sair da crise

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2019 07h25
Marcelo Fonseca/Estadão ConteúdoNo ano que vem, Maracanã será sede da final da Libertadores

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), quer que o turismo seja a solução para que o Estado saia da crise financeira. Com estado de calamidade decretada desde 2016 e um déficit previsto em R$ 11 bilhões para este ano, ele tem frequentado eventos e feito encontros com o objetivo de impulsionar a entrada de turistas.

Nesta quinta-feira (17), por exemplo, Witzel esteve no Paraguai, onde foi anunciado que o Rio sediará, no Estádio do Maracanã, a final da Copa Libertadores da América, em um jogo que acontecerá em 21 de novembro do ano que vem. Ele acredita que muitos turistas de fora do Estado e do país irão à cidade para aproveitar o momento.

Ele também quer, em 2021, modificar o calendário do Carnaval do Rio e tem conversado com organizadores de eventos e shows para que esses acontecimentos sejam realizados rotineiramente no Estado. Recentemente, Witzel também esteve em uma Feira Internacional de Turismo na Argentina.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga