Seis torcedores do Santos são indiciados por morte de corintiano em Itaquaquecetuba

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2018 15h30 - Atualizado em 05/03/2018 16h19
HÉLIO TORCHI/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDOCarro foi depredado durante briga entre torcedores, culminando com a morte do corintiano Danilo da Silva dos Santos

Seis dos 12 torcedores do Santos detidos após uma briga em Itaquaquecetuba, região metropolitana de São Paulo, foram indiciados pela morte do corintiano, Danilo da Silva Santos, de 30 anos. Ele morreu após ser espancado por integrantes de uma torcida organizada do Peixe que se encaminhavam para uma confraternização na cidade neste domingo (4).

Segundo informações da Polícia Civil, um dos indiciados por homicídio é menor de idade. Outros dez foram ouvidos e liberados, mas seguem sendo investigados por rixa, associação criminosa e corrupção de menores. O caso foi registrado na Delegacia de Itaquaquecetuba.

Briga

A briga envolvendo os santistas aconteceu antes da partida entre Santos e Corinthians, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista e que terminou empatada: 1 a 1. O confronto foi na Estrada de Santa Isabel, em Itaquaquecetuba.

Danilo chegou a ser encaminhado ao hospital Santa Marcelina em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos. Outros quatro torcedores tiveram ferimentos leves e receberam atendimento médico.