Ana Paula Renault detona Tiago Leifert: ‘Prefiro ele no Esporte’

  • Por Jovem Pan
  • 03/03/2020 12h35
Jovem PanAna Paula Renault foi a convidada do Morning Show nesta terça-feira (3)

Participante do último programa comandado por Pedro Bial, Ana Paula Renault não esconde sua inimizade com Tiago Leifert, apresentador do Big Brother Brasil desde a 17ª edição.

“Todo mundo sabe que eu não vou com a cara do Tiago porque quando eu estava no BBB ele defendeu publicamente o Laércio, que estava preso até hoje [por estupro de vulnerável]. Eu reclamava muito dos olhares e gestos obscenos que o Laércio fazia, e por diversas vezes o Leifert foi no Twitter dizer que era um absurdo uma mulher que se predispõe a entrar num reality reclamar do olhar de uma pessoa”, disse Ana Paula em entrevista ao Morning Show nesta terça-feira (3).

Apesar de críticas ácidas, a ex-sister também tem elogios a Leifert. “O cara é machista, você vê que isso é dele. Eu já tenho uma birra a partir daí, mas tirando o ranço, o cara é bom. Se bem que prefiro ele no Esporte, pois foi pro The Voice, pro BBB e lá ele tem dado umas escorregadas feias e pode chegar ao ponto de escorregar e não levantar mais. Porque a pessoa quer fazer de um tudo e não se especializa em nada”, alfinetou.

Sobre o jogo atual, Ana Paula se mostrou uma espectadora assídua do BBB 20 e já tem seus palpites para a eliminação de hoje:  “Acho os dois [Guilherme e Pyong] farinha do mesmo saco, o famoso ‘tanto faz’. Mas agora pro jogo, eu tiraria o Guilherme pra ver como a Gabi andaria, pra ver se ela continuaria falando com o pitchulo, o boneco da cozinha que ele fala e reza todos os dias.”

Casos de assédio

Ana Paula, que foi expulsa do BBB 16 após agredir outro participante, não faz vista grossa aos casos de assédio que a edição atual tem registrado.

“(…) Ficou comprovado o assédio, mas falam que as vítimas têm que se manifestar. Então voltamos a falar do mundo exterior: casos de assédio geralmente acontecem na família ou com amigos, às vezes as vítimas não percebem que estão sendo realmente assediadas.”

“Então acredito que ao perguntar para as participantes, que inclusive estão muito alcoolizadas, esse tira-teima não valeu porque as meninas não lembram.”