Apesar de caso confirmado, médico tranquiliza: ‘Coronavírus não está circulando no nosso meio’

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2020 12h17
EFE/EPA/RUNGROJ YONGRIT EPA-EFE/RUNGROJ YONGRITMédico do Emílio Ribas tranquila população sobre risco de epidemia brasileira de coronavírus

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e outras autoridades sanitárias falaram na quarta-feira (26) sobre o primeiro caso de coronavírus no Brasil e o plano de ação para conter o avanço da doença no país.

Apesar da confirmação do covid-19 em um brasileiro de 61 anos, o médico Jean Gorinchteyn, infectologista do Instituto Emílio Ribas, afirmou em entrevista ao Morning Show nesta quinta-feira (27) que o momento não é de alarde.

“Não temos o coronavírus covid-19 [circulando] no nosso meio. Não está circulando. O único caso que tivemos positivado está sendo mantido em isolamento em seu domicílio, assim como as pessoas que tiveram contato com ele estão sendo monitoradas”, disse.

Gorinchteyn explicou que parte da família do paciente mora em Vinhedo, no interior de São Paulo, e a própria Vigilância Epidemiológica da região está acompanhando pessoalmente e testando essas pessoas para o vírus.

O médico ainda esclareceu que os testes para o coronavírus também levam em consideração outras possíveis doenças respiratórias, incluindo a gripe, já que há sintomas semelhantes entre os vírus.

“Há 20% dos casos em que podem ter sintomas exuberantes como dor no corpo, dor na junta e desconforto respiratório em decorrência da baixa imunidade”, destacou o infectologista sobre os casos em que os sintomas comuns há outras doenças merecem atenção.

“Por não termos o vírus circulando em nosso meio, a preocupação com blocos de Carnaval são outros vírus respiratórios que de fato estão circulando, como o do resfriado comum e os da Influenza A e B, os responsáveis pela gripe”, completou.