‘Teló apostou mais em mim do que eu mesmo’, diz Tony Gordon, vencedor do ‘The Voice’

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2019 12h18
Jovem PanTony Gordon foi o convidado do Morning Show nesta segunda-feira (7)

Vencedor do “The Voice Brasil” e responsável por tornar Michel Teló pentacampeão do programa, Tony Gordon é só agradecimentos ao técnico.

Em entrevista ao Morning Show nesta segunda-feira (7), o cantor relembrou que o companheiro não foi sua primeira opção quando todas as cadeiras viraram em sua primeira audição.

“Quando eu escolhi a Iza, além da representatividade e da música negra, eu somei também as referências que tinha sobre o produtor musical dela, o Xande. A única coisa que mudou tudo isso foi o Teló ter virado a cadeira para mim com 5 segundos. Ele apostou mais em mim do que eu mesmo, não só por virar, mas por dizer que, independente do time que eu fosse, ganharia o programa”, disse Gordon.

Com 53 anos, o cantor tem mais de 30 anos de carreira musical e revelou preocupação em participar de um programa em que a maioria dos candidatos é mais nova.

“Confesso que na primeira audição às cegas toda a preocupação [sobre participar do programa] durou até o Teló virar. (…) Com essa virada, tudo ficou muito tranquilo.”

Gordon também compartilhou que a afinidade com o sertanejo surgiu durante o processo criativo, após a descoberta da maior semelhança entre eles.

“No momento em que fui com o Teló, desligamos de redes sociais, ritmos, gêneros, a gente se dedicou em ganhar o programa e com muito amor. É incrível o amor do Teló pela música, era a única cisa que a gente tinha em comum.”