Ana Paula Henkel: Ao citar indenização por prisão, Gilmar Mendes reforça torcida a favor de Lula

Comentarista de ‘Os Pingos Nos Is’ comentou falas do ministro do STF e considerou algumas ações de membros da Corte como inconstitucionais

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2021 20h04 - Atualizado em 20/04/2021 20h31
EFE/Andre CoelhoMinistro Gilmar Mendes afirmou que Lula pode buscar indenização pelo tempo preso

O ex-presidente Lula telefonou para Paulinho da Força (Solidariedade) e outros membros da força sindical para dizer que vai começar a fazer viagens pelo Brasil e que precisará do apoio dos colegas para conseguir se aproximar de políticos do Centrão. O petista pretende intensificar a agenda nos próximos meses e, em ligação para o colega do Solidariedade, agradeceu pelo apoio ao longo dos seus julgamentos. Na última quinta-feira o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu formalizar a decisão monocrática do ministro Edson Fachin e anular as condenações do ex-presidente, devolvendo, assim, os direitos políticos dele. O ministro Gilmar Mendes, também do STF, chegou a afirmar que Lula pode pleitear uma indenização por ter passado 580 dias preso injustamente.

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, Mendes afirmou que “é uma questão a ser considerada” e destacou que a suspensão do ex-juiz Sergio Moro, julgado pela Corte, não deve ser revista. Antes do presente dado pelo STF a Lula, o petista defendia o movimento “fique em casa” e chegou a fazer um apelo para a população em entrevista veiculada nas redes sociais: “Não saia, não vá para festa, não vá para aniversário. Fique em casa cuidando de você, cuidando da sua família, que é o melhor que a gente pode fazer”, pontuou. Em dezembro, mesmo pregando o “fique em casa”, Lula viajou a Cuba, foi diagnosticado com a Covid-19 e foi tratado em um hospital da ilha, ficando 14 dias em quarentena.

A comentarista do programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan, Ana Paula Henkel, acredita que as falas de Gilmar Mendes mostram que o STF não protege a Constituição. “Acho que o Brasil deveria pleitear indenização em relação ao Gilmar Mendes rasgando a Constituição e virando praticamente toda a semana um cheerleader de pompom na mão para colocar o Lula rodando o país, com um fique em casa gourmet”, disse. Ela lembrou de outras decisões do STF, como as que prenderam o deputado Daniel Silveira e o jornalista Oswaldo Eustáquio, as quais considerou não constitucionais, e recordou as falas de Lula que exaltaram a criação da Covid-19.

Confira o programa “Os Pingos Nos Is” desta terça-feira, 20, na íntegra: