Ana Paula lamenta ausência de Dilma em campanha petista: ‘A gente precisa dar risada’

Lula descartou dar cargo para a ex-presidente caso vença a eleição presidencial de 2022; ela também tem aparecido pouco na campanha para o cargo

  • Por Jovem Pan
  • 26/01/2022 19h59
Estadão Conteúdo Lula e Dilma ROusseff Dilma foi indicada por Lula para ser sua sucessora no Palácio do Planalto

O ex-presidente Lula, que também é pré-candidato a retornar ao cargo em 2022, descartou que a também ex-presidente Dilma Rousseff ocupe algum cargo em seu novo governo caso seja eleito. De acordo com Lula, a intenção é formar uma equipe com nomes mais jovens. O nome de Rousseff ainda tem aparecido pouco na campanha do PT para retomar o Palácio do Planalto. Dilma sofreu impeachment em 2016, menos de dois anos após ser reeleita, e apesar de ter mantido os direitos políticos, não conseguiu se eleger senadora por Minas Gerais em 2018. A ex-presidente também era conhecida por fazer algumas declarações sem sentido e ter uma oratória ruim. O tema foi debatido no programa Os Pingos Nos Is, e a comentarista Ana Paula Henkel analisou e ironizou a falta de traquejo da ex-presidente em discursos e entrevistas.

“Vou lançar a campanha para a Dilma voltar para a campanha do PT, porque a gente precisa de uma diversão, precisamos dar umas risadas, e sem a Dilma isso fica mais difícil. Não que o PT não vá colocar aí nas nossas telas e nos nossos celulares pérolas históricas. Tenho certeza de que lembraremos dessa campanha cheia de mentiras e falácias, bem à lá Ciro Gomes. Eu sou a favor da gente começar uma campanha hoje para que o PT coloque a Dilma na campanha [presidencial], já que sentimos tanta falta dela após o impeachment. Eu me lembro que quando o impeachment foi sacramentado, mesmo com o que o Lewandowski fez, deixando os direitos políticas da Dilma Rousseff, quando meu filho chegou em casa com alguns amigos brasileiros e eu disse que o impeachment passou, eles deram um suspiro e disseram: ‘ah, poxa, a gente não vai ter mais os vídeos engraçados da Dilma?’. Fica aí uma ideia, da gente lançar uma campanha pra Dilma continuar na campanha do PT para a gente ter um pouco de diversão”, comentou Ana Paula sobre o “escanteamento” da ex-presidente na campanha de Lula.

Confira a edição completa do programa Os Pingos Nos Is desta quarta, 26: