Bia Kicis critica inquérito das fake news e protocola pedido de impeachment de Moraes

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2020 19h46
Jovem PanBia Kicis

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) criticou, em entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, o inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal (STF) e diz ter protocolado um pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes.

Moraes autorizou nesta quarta-feira (27) uma operação da Polícia Federal (PF) contra 29 pessoas, entre elas, deputados, apoiadores do governo Bolsonaro, blogueiros e empresários – Bia foi um dos alvos. O inquérito apura a disseminação de fake news e ameças feitas a ministro da Corte.

Segundo ela, o Brasil vive “um momento de tensão entre Poderes”. “Ontem, entramos com pedido de impeachment [de Alexandre de Moraes] e assim vamos prosseguir na esperança de termos algum sucesso, até mesmo pela aprovação da população das nossas ações”, declarou.

Para a parlamentar, o inquérito das fake news é “absolutamente ilegal”. Bia afirmou que vai lutar contra o que classificou como “tirania”.

“Muito se falou que com a eleição do presidente Jair Bolsonaro viveríamos uma ditadura. Vivemos uma ditadura, mas não pelas mãos de Bolsonaro. Fomos submetidos a um inquérito absolutamente ilegal. Não foi distribuído, foi designado o relator, é sigiloso, e a parte não sabe nem se é testemunha ou investigado. Estamos impressionados com os atos tirânicos. A minha obrigação é lutar contra a tirania, se eu me acovardar não mereço o meu mandato”, falou à Jovem Pan.

Para ela, o inquérito e ações tomadas a partir da investigação são contrárias ao que estabelece a Constituição. “Respeitamos o Supremo, o que não respeitamos são atitudes isoladas ou não de ministros que vão contra a Constituição”, disse.