Eduardo Bolsonaro diz que relatório da CPI parece peça de ficção: ‘Estamos pensando em um contra-ataque’

Em entrevista ao programa ‘Os Pingos Nos Is’, o deputado afirmou que avalia acusar Renan Calheiros de abuso de autoridade

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2021 19h22 - Atualizado em 20/10/2021 19h27
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo - 10/02/2021Relatório da CPI sugeriu indiciamento de Eduardo Bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou nesta quarta-feira, 20, que o relatório final da CPI da Covid-19 parece uma peça de ficção e disse que pensa em um “contra-ataque”. O documento, elaborado pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), sugere o indiciamento do filho do presidente por incitação ao crime. Em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan, Eduardo disse que está conversando com advogados e que avalia entrar com uma ação contra o relator. “Eu estou conversando com a minha advogada para ver o que pode ser feito. Se for possível, eu vou fazer uma sugestão por meio de uma peça para que seja imputado ao senador Renan Calheiros o crime de abuso de autoridade, que é o que aconteceria se um juiz agisse como ele agiu”, declarou. O deputado também foi questionado sobre a reação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que também aparece no relatório como indiciado.

“Eu ainda não tive a oportunidade de falar com o presidente da República sobre esses fatos, mas certamente a Advocacia Geral da União vai tomar alguma atitude. Eu acho que o natural é a PGR pelo menos arquivar essa peça. É um absurdo, mas, sim, nós estamos pensando em um contra-ataque”, disse. Eduardo também afirmou ter ficado “surpreso” com o relatório, que classificou como “um tiro no pé”. “Eu fiquei um pouco surpreso porque eu esperava que eu tivesse ao menos o direito à defesa, o direito de ser ouvido na CPI antes de ser indiciado. Normalmente isso acontece durante procedimentos investigatórios. No meu caso foi uma exceção. Mas por um lado é até bom porque fica clara a intenção política desse relatório”, concluiu. 

Assista à entrevista completa no programa “Os Pingos Nos Is” desta quarta-feira, 20: