Cabo Gilberto Silva diz que CPMI do 8 de Janeiro pode se tornar ‘CPI da Pandemia 2.0’: ‘Estamos na mão do Centrão’

‘Não somos extremistas, apenas pensamos no que acreditamos ser melhor para o povo brasileiro’, disse deputado federal ao Pânico

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2023 16h59
Reprodução/Jovem Pan News Cabo Gilberto Silva Cabo Gilberto Silva foi o convidado do programa Pânico

Nesta segunda-feira, 22, o programa Pânico recebeu o deputado federal Cabo Gilberto Silva (PL-PB). Em entrevista, ele falou sobre o papel da oposição no Congresso Nacional. Segundo ele, o andamento da CPMI do 8 de Janeiro deve ser influenciado pelas escolhas do Centrão. E, a depender de sua composição, pode se tornar parecida com a CPI da Covid-19. “Estamos na mão do Centrão, é ele que vai decidir quem vai ser convocado e os rumos da CPMI. Se forem imparciais, a gente não é maioria”, disse. “Não somos radicais nem extremistas, apenas pensamos no que acreditamos ser melhor para o povo brasileiro. Se eles forem pelo menos imparciais, iremos mostrar pelo menos o que aconteceu. Eu sou contra depredação do patrimônio público. O que houve foi um ato de vandalismo. Não foi tentativa de golpe, como é que se dá golpe sem arma? Se eles forem para o lado do governo, a gente vai ter a CPI da Pandemia 2.0”, acrescentou.

Um dos três deputados federais com mais votos na Paraíba, Silva falou sobre a dualidade de vir de um Estado onde o presidente Lula superou Jair Bolsonaro nas eleições de 2022. “Ele não desce do palanque, só quer atacar. É o governo da vingança. Todas as pessoas que fizeram elo lá atrás foi só para tirar o presidente Bolsonaro. Tirar porque fala demais. Está aí o país pagando uma altíssima conta, e a situação vai piorar”, disse. Para ele, parte dos eleitores do petista já demonstram se arrepender de seu voto. “Infelizmente, o Nordeste deu a grande maioria [dos votos] para Lula, em especial a Bahia. Eu venho da Paraíba, foi muito difícil nesses quatro meses. O arrependimento dos prefeitos, você não tem ideia. Infelizmente o PT e o PSB mandam há muito tempo, por isso a Paraíba não avança tanto quanto poderia”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com Cabo Gilberto Silva:

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.